Pesquisar

Homenagem a dois sorocabanos ilustres - Steffen e Vannucchi
17/08/2015

Homenagem a dois sorocabanos ilustres: Steffen e Vannucchi.

Nesta festiva data, de aniversário de nosso município, o presidente e os diretores do Instituto Defenda Sorocaba tem a grata satisfação de homenagear dois proeminentes cidadãos, que honraram nosso município ao aqui permanecer, e nos permitir a oportunidade de reconhece-los como dedicados sorocabanos, de corpo e alma; Aldo Vannucchi e Edgard Steffen.

O médico Edgard Steffen, nascido em Indaiatuba, SP, chegou até nós em 1951, ingressando como aluno na Faculdade de Medicina de Sorocaba. Após a graduação, além de exercer a medicina na pediatria, especializou-se em saúde pública e, também, prestou valoroso trabalho acadêmico como professor na mesma faculdade onde se formou. Adicionalmente, foi Secretário Municipal de Saúde em Sorocaba.

Merecidamente, no ano 2000 recebeu o título de Cidadão Sorocabano. Da Rotary Foundation de Sorocaba recebeu os títulos de “Companheiro Paul Harris” e “Citation for Meritorius Services”. Incansável, incluiu a literatura em suas atividades, editando livros que contam principalmente suas andanças pelo interior da nossa região, no exercício da profissão, reunindo histórias ora engraçadas, ora comoventes. Seu livro “O Anjinho dos Pés Tortos e outras histórias” recebeu o Prêmio Anual Sorocaba de Literatura, como o “Melhor Livro de Crônicas de 2006”. Recentemente publicou o livro “O Picolé Milagroso”. Também produziu “Eu e a Tísica”, em DVD, trabalho em que analisa sintomas e sinais de tuberculose na poética de Augusto dos Anjos.

Participou das coletâneas “Rodamundo 2005” e “Um Olhar sobre Indaiatuba”, no livro “Nos Tempos do Bar Rex” - do escritor indaiatubano Antônio Silva Penna - e dos Anais do Congresso Comunitário de Letras, Movimento Médico do Cafezinho Literário. Em edição familiar publicou em 2011 “Os Steffen”, livro em que narra histórias da sua família e suas origens no Schleswig-Holstein. Na Academia Sorocabana de Letras ocupa a Cadeira N° 23, da qual o Patrono é Vinicius de Moraes. É ainda colunista semanal no Jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba e região.
 
O educador Aldo Vannucchi é natural de São João da Boa Vista, onde nasceu em 1928. Quatro anos depois veio para Sorocaba com sua família. Com merecidos louvores, em 2002 recebeu o título de Cidadão Sorocabano e, em 2010, o de Cidadão Emérito.

Aldo Vannucchi é mestre em filosofia e teologia pela Universidade Gregoriana de Roma e licenciado em pedagogia. Autor de diversos livros, foi prestigiado professor e diretor da FAFI - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, e reitor da UNISO - Universidade de Sorocaba, também atuando em outras escolas de Sorocaba. Em 1952 o Bispo Dom Aguirre ordenou-o padre. Realizou cursos de especialização em universidades européias, como as de Roma, Genebra e Louvain, na Bélgica. Foi um dos principais criadores e fundadores da Universidade de Sorocaba - UNISO, sendo reitor da mesma de 1994 a 2010, onde até hoje mantém produtivas atividades. Também já presidiu a Associação Brasileira das Universidades Comunitárias - ABRUC. Na gestão do Ministério da Educação, o Ministro Fernando Haddad o indicou para compor o Conselho Nacional de Educação.

Também autor de muitos livros e tradutor de diversos outros, tem como último e recente lançamento a edição de sua “Autobiografia Poética”, comentado neste site em “Aldo Vannucchi -  Autobiografia Poética”, onde seus outros livros, muitos, são também exibidos.
 
Em singela homenagem a ambos, reproduzimos neste site algumas ótimas crônicas, de suas colunas semanais no Jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba e região.
 
No site do IDS:

 

  1. De Aldo Vannucchi – Crônica “Nossas Ru(g)as”;
     
  2. De Aldo Vannucchi – Crônica “Assunto Polêmico”;
     
  3. De Edgard Steffen – Crônica “Das razões para gostar de agosto”;
     
  4. De Edgard Steffen – Crônica “A Corda, a Caçamba e o Casal 20.

IDS - Instituto Defenda Sorocaba
Sergio Antonio Reze - Presidente

 




« Voltar