Reforma da Previdência é discutida na Associação Comercial de Sorocaba
04/05/2019


Talk Show reuniu os Deputados Federais Jefferson Campos e Vitor Lippi
 
A Reforma da Previdência, que basicamente se refere a mudanças de regras na idade mínima e tempo de contribuição para se aposentar, é um dos principais temas dos debates políticos e econômicos dos últimos tempos.
 
Para esclarecer dúvidas de uma das decisões mais importantes para o desenvolvimento do país, a Associação Comercial realizou nesta sexta-feira, 03.05.19, um Talk Show com os representantes de Sorocaba no poder legislativo federal, Deputados Federais Jefferson Campos e Vitor Lippi, sob a mediação do jornalista Djalma Luiz Benette, o Deda.
 
Segundo o governo, 55% da arrecadação do Brasil vai para a Previdência Social. Com isso, de acordo com o deputado Vitor Lippi, é necessário haver responsabilidade em relação a votação da reforma, pois o país precisa equilibrar as contas de forma urgente.
 
Lippi destaca ainda que a reforma não será a solução de todos os problemas, mas ajudará a economia. “Temos o pior sistema tributário do país e estamos vivendo a maior taxa de desemprego da história. Para muitos brasileiros, está ruim viver aqui. Nossa luta é fazer uma mudança justa e segura. Tenho a convicção de que se a reforma da Previdência não for aprovada, veremos um caos.”, ressalta. 
 
No Brasil, a Previdência Social é baseada no modelo de participação, conforme as contribuições dos trabalhadores que custeiam as respectivas aposentadorias e pensões, por meio do recolhimento do INSS. Todavia, segundo estudos, está em conflito com a dinâmica demográfica, que demonstra uma expansão do número de idosos, mais rápida que a dos trabalhadores na ativa. A Reforma da Previdência prevê mudanças para servidores públicos, militares e trabalhadores da iniciativa privada. 
 
De acordo com o deputado Jefferson Campos, as pessoas estão vivendo mais, uma sobrevida calculada em mais ou menos 83 anos. “Após ouvir a sociedade, tenho plena convicção que esta reforma trará inúmeros benefícios para o país. Muitos dizem que este ou aquele político ‘não os representa’, talvez eu realmente não represente muitos, porém, a democracia sempre vence.”, diz. 

Estiveram presentes no evento diversas autoridades, lideranças e representantes de entidades da cidade, bem como do setor empresarial e trabalhadores de diversas áreas. 
 
“A reforma da Previdência divide muitas críticas. O papel da Associação Comercial é formar opiniões e oferecer informações para mudanças que impactam diretamente o futuro da população. Todos possuem direitos, que devem ser preservados, porém, é necessário cumprir deveres. Infelizmente, o sistema atual é injusto e beneficia os maiores e prejudica os menores, por isso, é preciso uma mudança justa. Todos desejam se aposentar tranquilos e viver de uma maneira melhor”, finaliza o presidente da Associação Comercial, Sérgio Reze.

Mais detalhes em link ao final da página.
 
Sobre a Associação Comercial
 
A ACSO - Associação Comercial de Sorocaba, entidade de classe sem fins lucrativos, foi fundada em 20 de janeiro de 1922 e tem o objetivo de defender os interesses do comércio regional e o desenvolvimento nacional, além de representar seus associados. O quadro associativo da entidade reúne empresários representantes de todos os setores da economia, tais como: industriais, comerciantes, agropecuaristas, prestadores de serviços e profissionais liberais, de todos os portes.
 
Informações para a imprensa
 
Larissa Costa – Assessora de Imprensa
(15) 3331-1003 / (15) 98146-7182 (WhatsApp)
comunica@acso.com.br
Facebook: /acsorocaba
Youtube: 1ASSOCIACAOCOMERCIAL
Instagram: @acsorocaba
Linkedin: Associação Comercial de Sorocaba
Twitter: @ComunicaAcso


Clique no link que segue para conhecer mais detalhes sobre as abordagens, no Blog “O Deda Questão”, do jornalista Djalma Luiz Benette, o “Deda”:

Deputados demonstram firmeza sobre Reforma da Previdência.

 


« Voltar